Login

 
Notícias
13/11/2017 - NOVEMBRO AZUL

Nos dias 13 e 14 foram realizadas atividades de conscientização ‘Novembro Azul’. O intuito foi conscientizar os colaboradores sobre a doença e com isso diminuir a taxa de mortalidade que ainda é alta. Mostrar também a importância de ter uma alimentação saudável e praticar atividade física, para evitar o câncer de próstata e também outras doenças que tem como fator obesidade, sedentarismo, má alimentação, entre outros.

A ação contou com a participação de duas profissionais do Sesi. A educadora física Adilamara Valentin, que realizou ginástica laboral com os colaboradores e a enfermeira Elaine Fretola ministrou palestra sobre câncer de próstata.

Prevenção

O principal motivo para as altas taxas do câncer de próstata é o preconceito dos homens em fazer o exame de toque retal, fundamental para descobrir a doença. Vinte por cento dos pacientes são diagnosticados em estágios avançados, o que faz com que a taxa de mortalidade chegue a 25%. A hereditariedade é um dos principais fatores de risco para a doença.

Para o diagnóstico, dois exames precisam ser feitos ao mesmo tempo: o de toque e o PSA, de sangue. Quando associados, os resultados dão uma segurança de mais de 90% para um diagnóstico precoce. A indicação é que os homens procurem um médico especializado (urologista) para monitorar sua saúde e detectar o câncer de próstata a partir dos 50 anos.